[GRÁTIS] Mini Curso de HTML, CSS, JavaScript, Git e Github + E-book

[GRÁTIS] Mini Curso de HTML, CSS, JavaScript, Git e Github + E-book

Aprenda Técnicas e Conceitos Básicos de Programação. Material 100% Gratuito!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

10 Comandos SQL Que Todo Programador Precisa Saber

10 Comandos SQL Que Todo Programador Precisa Saber

Os comandos SQL (Structured Query Language) são um dos mais importantes quando falamos em linguagens de gerenciamento de dados, e entender quais são as mais comuns faz toda a diferença.

Os modelos relacionais de banco de dados como MySQL, Oracle, PostgreSQL, SQL Server 2017 e outros, utilizam a linguagem SQL para consulta de banco de dados.

O SQL foi criado em meados de 1970 pela IBM, e até os dias atuais cumpre com sua principal função que é a manipulação de bancos de dados relacionais.

Como é algo simples e intuitivo, acabou se tornando uma das principais ferramentas e que traz também maior eficiência para o trabalho.

Em um trabalho de gerenciamento de dados, muitos comandos podem ser acionados, o que pode gerar uma grande diferença de como os dados são colhidos e tratados.

A boa utilização é a garantia de que você pode ter todo o tipo de apoio necessário, e também é uma forma de conseguir esse caminho mais facilitado.

A combinação entre eles é que faz com que o trabalho realizado seja importante e tenha também um resultado efetivo.

A partir desse momento, é possível entender quais são as estratégias para lidar com tantas informações.

Um banco de dados pode reunir uma série de informações, que podem ser agrupadas, trabalhadas separadamente e até mesmo isoladas.

Isso varia de acordo com os comandos que você utiliza, e principalmente como tudo isso ajuda no trabalho com uma equipe voltada para essa finalidade.

Com um bom planejamento é possível traçar estratégias que façam a utilização ideal dos comandos SQL que vão gerar as informações que você busca, e relacionar os objetos diferentes entre si.

Trabalhar com banco de dados não é fácil, e mesmo com uma ideia bem intuitiva como o SQL, é preciso saber como operar e trabalhar com comandos simples, que vão fazer toda a diferença no resultado.

Ao conhecer, basta aplicar e monitorar os resultados. Você vai observar, com toda a certeza, os benefícios que podem ser acessados e que principalmente podem ajudar nesse trabalho tão importante de um modo geral.

A seguir você vai conferir os principais comandos SQL que todo programador precisa saber:

INSERT

O comando INSERT é o responsável pela inserção de dados dentro do banco, o que é um comando relativamente simples.

No entanto, não conhecer pode trazer sérios prejuízos para o andamento do trabalho que vem sendo realizado, e por isso é preciso ter maior segurança quanto a ele.

Assim você também consegue definir o detalhamento desse comando, de modo que ele possa guardar informações importantes.

Esse é o primeiro comando geralmente aprendido, e também é o que é mais utilizado, tendo em vista que é o começo de qualquer trabalho no SQL. Confira o comando abaixo:

INSERT into alunos (id, nome, curso) values (23, 'Robson', 'Desenvolvimento de Software');

UPDATE

O comando UPDATE é o mais importante, pois permite atualizar e até mesmo inserir novas informações em registros já criados.

Sendo assim você não precisa inserir novamente os dados, mas pode resgatar por meio do update, fazendo pequenas mudanças.

Ele é também um dos comandos mais simples, e costumam trazer alguns bons resultados, já que pode corrigir alguns erros.

A sua utilização é feita em grande escala em bancos de dados que costumam movimentar bastante, ou que exigem atualização constante. Confira o comando abaixo:

UPDATE alunos SET nome = 'Robson dos Santos' WHERE id = 23;

Observe que a tabela “estudantes” foi atualizada, onde o registro com id = 23 recebeu no campo “nome’’ o valor “Robson dos Santos”.

DELETE

O comado DELETE serve para excluir um ou mais registros de uma base de dados. São dados que já não fazem sentido e que geralmente precisam sair para que outros gerem outros dados mais atuais e pertinentes.

Esse tipo de ação também é necessária quando aqueles dados não representam algo importante para o momento.

No entanto são dados que não podem ser recuperados, e por isso é uma ação muito delicada, que envolve uma série de fatores. Confira o comando abaixo:

DELETE FROM alunos WHERE id = 23;

Após a utilização desse comando, todas as informações referentes ao registro que possui id = 23 serão deletadas da tabela “alunos”. Caso que queira apagar todos os registro de uma tabela, basta usar o seguinte comando SQL:

DELETE FROM alunos;

Vale lembrar que este comando apaga somente as informções armazenadas na tabela, os demais itens permanecem intactos na tabela.

SELECT

O SELECT também  é um dos comandos SQL mais utilizados, já que ele é o marcador que vai registrar seus dados já colhidos.

Assim, é possível delimitar quais são os tipos de registros você vai acessar, e como esses registros podem ser lidos separadamente.

Dá mais fluidez ao trabalho e o torna mais ágil, especialmente quando se trata de separar dados para análises isoladas.

Por isso é um comando importante de conhecer e principalmente de se utilizar, considerando também sua praticidade.

Confira o comando abaixo:

SELECT * FROM alunos;

Observe que o caractere * é usado para indicar que os dados de todas as colunas da tabela “alunos” devem ser retornados na pesquisa. 

A cláusula opcional WHERE estabelece as condições que os dados devem cumprir para ser selecionados. Isto é feito passando uma condição_pequisa que é aplicada aos dados recuperados pela cláusula FROM. Confira o comando abaixo:

SELECT nome FROM alunos WHERE curso = 'Desenvolvimento de Software';

CREATE

O comando CREATE serve para criar novos obejtos na base de dados. Esse comando pode ser utilizado para criar um banco totamente do zero.

A partir desse tipo de comando você abre espaço para agrupamento de dados, ou mesmo a criação de uma outra base de dados.

Ter mais de uma base de dado é uma chance interessante para ampliar os detalhes colhidos, tendo em vista que podem ser segmentados em dois locais diferentes. Confira o comando abaixo:

CREATE DATABASE escola;

Já a utilização do comando CREAT TABLE, serve para criar novas tabelas dentro de um banco de dados, confira:

CREATE TABLE estudantes (id INT PRIMARY KEY, nome VARCHAR(50), curso VARCHAR(100)),

A palavra chave PRIMARY KEY é usasa para especificar a chave primária quando é criada a tabela. já o VARCHAR, específica a quantidade máxima de caracteres que cada campo pode suportar.

ALTER

O comando ALTER está geralmente ligado a uma tabela, o que permite alterar uma tabela que já existe.

É um meio de edição muito eficaz, o que não permite necessariamente uma mudança de ponto por ponto de uma tabela.

Com o ALTER, a mudança é feita rapidamente e também traz logo muitos benefícios para quem tem muitos pontos de tabela para editar.

É um meio de organização que faz com que a base de dados seja mais sucinta e tenha uma finalidade objetiva. Confira o comando abaixo:

ALTER TABLE alunos ADD idade INT;

Este mesmo comando também pode ser usado da seguinte forma:

ALTER TABLE estudantes MODIFY mail char(30);

O comando ALTER TABLE junto com a instrução MODIFY, serve para alterar o tipo de dados que a coluna “email” poderá receber.

DROP

O comando DROP remove tabelas do banco de dados. Ele também remove as entradas do catálogo para o banco de dados e exclui o diretório que contém os dados. Confira o comando abaixo:

DROP TABLE alunos;

Este comando também pode ser usado para excluir o banco de dados completo, confira:

DROP DATABASE escola;

GRANT

De todos os comandos, o GRANT é um dos comandos SQL que merece alguma atenção, já que ele interfere no trabalho de equipes, por exemplo.

Esse comando estabelece permissões e papéis a usuários, e em equipe a utilização em pontos diferentes pode fazer com que o usuário acesse mais ou menos informações.

Na prática ele funciona para estabelecer quem pode visualizar alguma tabela e até mesmo atualizar ou editar.

Tudo isso depende sempre de uma cadeia de informações que permitem a inserção desse comando para limitar acessos. Confira o comando abaixo:

GRANT SELECT, INSERT, UPDATE ON estudantes TO Robson;

REVOKE

Por outro lado, o REVOKE é o passo contrário, e traz restrições. Na prática ele revoga as permissões, e por isso também é um elemento importante.

Normalmente é um movimento que acontece com constância, de modo que os acessos são permitidos e negados ao longo de um processo. Confira o comando abaixo:

REVOKE SELECT ON alunos FROM  Robson;

DENY

O comando DENY serve para negar explicitamente permissões a um objeto do banco de dados, dando maior controle.

Assim é possível restringir qualquer tipo de objeto com relação a qualquer pessoa, e isso estar muito bem delimitado.

Para trabalhos em grupos e que determinadas pessoas, seja uma ou mais, que não tenham a permissão de acessar aquele conteúdo específico.

É uma maneira também de conseguir organizar melhor as linhas de trabalho voltadas para cada objeto e planejamento dentro de cada grupo. Confira o comando abaixo:

DENY SELECT ON estudantes TO Robson;

Vale lembrar que as permissões negadas com DENY também podem ser removidas com o comando REVOKE.

Por Que Devo Conhecer os Comandos SQL Listados Acima?

A utilização de um banco de dados é algo muito complexo, e saber de comandos que ajudam no trabalho facilita todo o processo.

Quem trabalha como programador Back-End, sabe que quanto mais informações, mais difícil é gerenciar todo o processo, e os comandos SQL ajudam a lidar com esse tipo de situação.

Assim toda a produtividade da equipe é garantida, e pode principalmente trazer resultados mais efetivo a médio e curto prazo.

Tais comandos foram pensados sempre no andamento do trabalho em si, e por isso conhecer é a melhor forma de operar.

Esses comandos são essenciais para quem precisa fazer muitas consultas durante o dia ou precisa cadastrar novos produtos com frequência.

Se você trabalha com listagem de produtos, de endereço, nomes de clientes entre outros tipos, sabe que a utilização desses comandos em seus determinados fins pode agilizar muito o trabalho.

Enfim! Os comandos citados no artigo são apenas uma pequena parte do conjunto disponível do SQL. Para se profundar mais nestes comandos e aprender muitos outros, acesse os nossos cursos e confira.

banner cursos - 10 Comandos SQL Que Todo Programador Precisa Saber

E aí, conseguiu entender o uso dos comandos SQL?

Aplique os comandos conforme foi passado acima e veja se eles não irão facilitar a sua vida.

Bom trabalho!

___________________________________

Confira Também

Banco de Dados: 5 Cuidados Essenciais Para Desenvolvedores
Hospedagem de Site GRÁTIS: Confira as 12 Melhores Opções
10 Skills de Um Desenvolvedor Back-End de Alto Nível
O Que é Node.js? Um Guia Para Iniciantes

Sobre o Autor

Robson dos Santos
Robson dos Santos

Ajudando milhares de pessoas a mudarem de vida através da programação. Se você deseja mudar também, vamos juntos!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *